Presidente da Convenção Geral poderá ser capixaba.

 

Foi uma das propostas do pastor Samuel Câmara em reunião realizada com líderes assembleianos capixabas em Cariacica.

 

O líder da Assembleia de Deus em Belém e presidente da TV Boas Novas, pastor Samuel Câmara, forte candidato à presidência da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, que acontecerá em abril/2013, esteve reunido em Cariacica com diversos líderes convencionais, nesta sexta (21), no templo da Assembleia de Deus em Campo Grande, liderada pelo pastor Valdir Marcolino.

Câmara iniciou o seu discurso aos pastores e líderes presentes com uma frase que trouxe grande reflexão: “Não disputo eleição, defendo ideal e um ideal só se esquece quando se conquista, quando se realiza”. Disse.

Entre as diversas propostas que o líder paraense apresentou como compromissos imediatos a serem cumpridos, se Deus lhe permitir ser eleito presidente da CGADB destaca-se; Eliminação de taxa convencional para acesso e voto em Assembleias. Redução dos valores da anuidade, alternância no mandato de presidente, com eleições de quatro em quatro anos sem reeleição, participação da Convenção nos Estados, com arrojados programas de evangelismo, batismo coletivo, missões e obras sociais nos feriados oficiais envolvendo em cada mês um Estado. Participação dos ex-presidentes com assento à Mesa diretora, na função de presidente de honra ou compondo o Conselho Consultivo. Criar escritórios da CGADB nos Estados. Em cada eleição, democratizar o direito de voto realizando eleições nos Estados, oferecendo oportunidade para que os Estados possam indicar candidato à presidência. Reorganizar e dinamizar a gestão administrativa na CPAD, com eleições para definir o Conselho Administrativo, criação de mecanismos que permitam a redução de custos das publicações como Harpa Cristã, bíblias, revistas da EBD e livros. Ampliação da equipe de redatores, dar oportunidades para escritores dos estados publicarem seus livros e criar alternância entre comentaristas das revistas de Escola Bíblica Dominical.

 

Estas e outras propostas apresentadas foram bem recebidas pelos líderes presentes, que tiveram oportunidade para dar sugestões, e emitirem perguntas ao pastor Samuel. Entre vários líderes que se revezaram ao microfone, o pastor Paulo César de Oliveira, da AD em Porto de Santana sugeriu que o pastor Samuel retirasse o compromisso de, se eleito for, limitar seu mandato a quatro anos, tendo em vista que a reestruturação a que se propõe levaria pelo menos dois mandatos e que os seus eleitores certamente gostariam de reconduzi-lo a mais um mandato. O pastor Samuel agradeceu a sugestão e manteve seu compromisso de cumprir apenas um mandato, propondo inclusive. O registro desta decisão em Cartório e abrindo assim a tão sonhada nova fase na CGADB, com alternância no poder e direito para todos. “Desde 1988 até hoje, são 24 anos com o mesmo presidente. Nesse período o mundo já teve três papas, no Brasil vários presidentes da República se revezaram, porém, parece que nas Assembleias de Deus, ou seja, entre nós, não há outro que seja capaz de administrar ou conduzir os destinos da CGADB. Vamos à Brasília para definir isso. Ou reelegeremos o atual presidente para que complete 30 anos na presidência e depois passe ao filho o destino da denominação ou mudaremos o quadro atual, abrindo de novo espaço para que outros pastores, inclusive os mais jovens possam ter a oportunidade de presidir a CGADB, para que não passe uma geração inteira sem que isso aconteça”. Disse o pastor Samuel Câmara.

 

Ainda em seu discurso, o pastor Samuel mostrou a importância da CGADB ir até o convencional, e não ser apenas uma entidade que só existe para cobrar anuidade: “Tudo isso é real e só depende de nossa atitude em abril lá em Brasília. Todos os estados Como será importante para os assembleianos capixabas terem oportunidade de votarem e elegeram um presidente deste Estado. É um ideal ser defendido, um sonho e uma meta a ser alcançada. Os capixabas poderão ter a alegria de eleger um ministro para presidir a Convenção e me sentirei honrado em saber que contribuí para a realização deste ideal. Concluiu.

 

Fonte: Anotícia Online

 

Retorna página anterior



Construção da Nova Sede CONFRATERES

Iniciamos um mutirão para a concretização de mais uma conquista. Contribua para a construção do Templo da nova Sede da CONFRATERES, depositando qualquer valor na Agência 1241-6, Conta Corrente 3040410, Banco do Brasil. Contamos com a sua participação. Deus o abençoe... Obrigado!

 

Parceiros